EMPREENDER

No passado dia 6 de Março, estive a moderar e a apresentar o primeiro painel da excelente Conferência: “O Empreendedorismo 2020: sem Género, Número(s) ou Grau”, da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE).

Na verdade, pioneira na introdução do empreendedorismo no léxico português, a ANJE chama a si a missão de contE senti uma enodem ribuir para a sua renovação. Acrescentamos-lhe a meta do momento, o número que nos impõe uma mudança de paradigma e que injeta na economia uma nova esperança de recuperação: 2020. Assumindo a democratização do movimento empreendedor, juntamos a tudo isto questões fundamentais nas empresas desse futuro que de longínquo terá pouco: o género, que prima cada vez mais pela (ind)diferenciação entre iniciativas femininas e masculinas, o(s) números(s), que se impõem sob novas lógicas de financiamento, e o grau, que aproxima o conhecimento das empresas e nos relança no caminho da competitividade.

E ao apresentar este painel dedicado ao Género: Empreendedorismo no Feminino, conheci e descobri três mulheres empreendedoras fascinantes, a Susana Sequeira (MSTF Partners), a Daniela Couto (Cell2be) e a Mariana Andrade (DouroSkinCare). Uma conversa com espaço para viagens de vida, para uma partilha sincera e honesta do que é SER EMPREENDEDORA no nosso País.

Foi incrível poder conhecer histórias de fazedoras, contadas na primeira pessoa. Que desafios, que oportunidades, dificuldades e vantagens estão inerentes ao empreendedorismo. Neste painel, fugimos aos clichés da (des)igualdade e centramos as atenções na identificação das histórias de sucesso, das experiências e também em reflexões diferenciadas, decorrentes de um painel multidisciplinar, onde apenas o género e a vontade de empreender são denominadores comuns.

Pude constatar que o espírito empreendedor tem muito de instinto, de acreditar, de inovar, de querer deixar marca. Mas também de coragem, de nos sabermos rodear e aprender e de alguma loucura saudável. Num espaço onde muitas vezes, quem arrisca é condenado, é importante apoiar essa atitude e seguir esse espírito. Só assim se alcançam os sonhos. E sempre com os pés bem assentes no chão.

Foi uma conferência inspiradora e que reforçam a minha profunda vontade em criar estruturas e redes que permitam o desenvolvimento de todos aqueles que desejam evoluir e mudar as suas vidas. Sem pensar no género, apenas na vontade.

Muito obrigada ANJE pelo convite. Foi muito bom voltar a esta casa que também já foi e sinto como minha. Que continuemos a ter as salas cheias de rostos e vozes que procuram criar a sua própria felicidade.

Para descobrirem tudo sobre esta Associação e as ajudas que podem ter para criar as vossas empresas e criações, aqui ficam os links adequado:

anje.pt
www.anje.pt/portal/empreendedorismo2020

Sejam sempre empreendedores das vossas vivências!!