8 hábitos para um coração mais saudável

Hoje é Dia Mundial do Coração e nada melhor para assinalar a data do que lembrar as dicas do famoso Dr Oz de 8 hábitos que todos devemos ter para que o nosso coração seja saudável 🙂 De facto, existem muitas coisas que podemos fazer para diminuir o risco de desenvolvermos uma doença cardíaca. Porque só cerca de 25% do risco é genético, conseguimos ter mais controlo do que imaginamos. E aqui ficam 8 hábitos para protegerem o vosso coração e ajudarem a evitar obstrução das veias, coágulos e outras complicações.

1. Limitem a carne vermelha e processada

Se têm por hábito ter a carne vermelha muitas vezes no vosso prato, então pousem os talheres e saibam que as pessoas que comem mais do que 113g de carne vermelha por dia (o equivalente a um hamburguer médio) estão a aumentar o risco de uma doença cardíaca fatal em cerca de 30% comparativamente às pessoas que comem apenas 142g por semana.

O mesmo acontece com a carne processada (cachorros quentes, salsichas…), que não são melhores para a vossa saúde e que ajudam a aumentar o risco de doença cardíaca, colesterol elevado e diabetes.

Dica para um coração saudável: peguem num cogumelo gigante (os famosos portobello) e grelhem. Assim como uma espécie de hamburguer. Está provado que este tipo de cogumelos satisfazem tal como um bife.

2. Bebam álcool com moderação

Estudos demonstram que tomar uma bebida por dia ajuda a proteger o coração e o sistema vascular. Desfrutar de uma moderada quantidade de álcool também ajuda a aumentar os níveis de bom colesterol. Para além disso, ajuda a relaxar, o que será benéfico para a pressão arterial. Embora o vinho em si não contenha ácidos gordos ómega-3, estes estudos sugerem que um copo de vinho por dia ajuda a aumentar os níveis destes ácidos gordos no sangue, bons para um coração saudável.

Dica para um coração saudável: Bebam não mais do que um copo por dia.

3. Tirem umas férias do stress

Tirar um tempo para vocês com alguma regularidade pode diminuir o risco de ataque cardíaco em cerca de 1/3. Demasiado stress coloca-vos no caminho mais rápido das doenças cardíacas. Seja qual for a vossa desculpa para não fazerem uma pausa (pouco tempo, dinheiro ou energia), as consequências que podem advir, provavelmente, não valerão a pena o risco .

Dica para um coração saudável: Façam isto para conseguirem umas férias felizes a qualquer altura: Fechem os olhos, foquem a vossa atenção no vosso coração e inspirem e expirem lentamente. Depois de algum tempo, imaginem algo que vos relaxe – um animal de estimação, uma criança, flores ou uma praia. Agarrem essa imagem na vossa cabeça e continuem a expirar e a inspirar. Façam isto uma vez por dia durante 10 minutos. O vosso coração vai amar, e vocês também.

4. Alimentem uma atitude positiva

Se estiverem constantemente a queixar ou alimentarem jogos secretos de lamúrias, saibam que ter uma atitude menos positiva para com a vida triplica o vosso risco de ataque cardíaco e até propicia a obstrução das artérias das pernas. Por outro lado, uma atitude positiva pode ajudar a melhorar a vossa qualidade de vida.

Dica para um coração saudável: Trabalhem o vosso optimismo. Percam-se em experiências edificantes e façam coisas que adoram, seja passar tempo com a família, desenhar ou perseguir um objetivo. Se os pensamentos negativos, tristes ou desanimadores persistirem, falem com o vosso médico. Doenças como a depressão e a ansiedade podem ser acompanhadas.

5. Protejam o vosso coração com exercício

As pessoas que caminham ou fazem atividade física todos os dias têm menor risco de ataque cardíaco, níveis mais baixos de pressão arterial e níveis mais elevados de bom colesterol. Os benefícios de sermos activos são vários. E em poucos mais de 90 dias os médicos conseguem medir os efeitos de redução de idade que provêm do exercício regular.

Dica para um coração saudável: No que toca a andar e à saúde do coração, velocidade e frequência contam. Sim, passear é melhor do que ficarmos sentados, mas vão conseguir mais benefícios se acelerarem o passo – idealmente 30 minutos todos os dias.

6. Impulsionem a vossa auto-estima

Costumamos ter expectativas elevadas em relação a nós próprios e quando ficamos aquém, a ansiedade, a raiva e a depressão geralmente acabam por aparecer. Infelizmente, as emoções negativas não são apenas desagradáveis. Também são más para o vosso coração. Elas propiciam inflamações e estragos nas artérias. Sentirem-se bem com a vossa vida e com as vossas conquistas, contudo, reduz o risco de doença cardíaca em pelo menos 13%.

Dica para um coração saudável: Identifiquem as vossas capacidades únicas e partilhem! Por exemplo, se forem óptimos com números, ajudem um grupo voluntário com as contas. Vão ganhar um propósito e uma vida com mais sentido – dois grandes impulsionadores de felicidade e auto-estima.

7. Tenham uma dieta rica em fibras

A fibra tem magia no que toca a proteger o vosso coração. É, de facto, um 3 em 1: melhora o colesterol, ajuda a diminuir a pressão arterial e reduz a gordura abdominal – tudo coisas boas no que toca a baixar o risco de doença cardíaca. Um estudo que decorreu durante 14 anos, demonstrou que as pessoas que comem mais fibra (particularmente derivada da fruta e do grão integral) têm um risco de doença cardíaca menor em cerca de 18% comparativamente a outras pessoas que têm uma ingestão mínima de fibra. Não é fantástico? 🙂 E a fibra também pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama.

Dica para um coração saudável: Saboreiem uma tigela de aveia com frutos vermelhos e nozes para o pequeno almoço. Este cereal frutado e nutritivo dá-vos 2 tipos de fibra: solúvel e insolúvel, ambas mantêm o coração mais forte e saudável.

8. Tenham uma boa noite de sono

Comprometer as vossas horas de sono para verem o vosso programa de televisão favorito ou série até ao fim ou para terminarem aquele trabalho que têm de entregar ASAP triplica o vosso risco de alterações bioquímicas no corpo, o que ajuda ao desenvolvimento de doenças cardíacas. (Ainda vos parece que vale a pena?) Além disso, diminuir as horas de sono vai levar-vos a comer mais e vai desregular a sensibilidade do vosso corpo à insulina. Isto afeta o vosso coração e artérias – e aumenta o vosso risco de diabetes de tipo 2.

Dica para um coração saudável: Vão para a cama mais cedo e evitem hábitos que ajudam a ter problemas de sono, tais como a cafeína à tarde, stress antes de deitar (pagar contas, trabalhar) ou um quarto demasiado quente ou demasiado brilhante.

Bom Dia Mundial do Coração para todos! 🙂 E nunca se esqueçam de proteger sempre o vosso coração! 🙂