Guia para o Magusto

É já no próximo dia 11 de novembro que celebramos o São Martinho. E, como diz o ditado popular, “no dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho”. Em Portugal celebramos este dia com um grande magusto, onde não pode faltar a fogueira, as castanhas, a água-pé e a jeropiga. É neste dia que provamos também o vinho novo.

Mas sabiam que mesmo aqui ao lado, em Espanha, se mata um porco? E que no Reino Unido também existe a expressão “verão de São Martinho”, ligada à crença de que o tempo melhora?

E para que o magusto seja celebrado como uma verdadeira festa, aqui fica a lista do que não pode faltar:

  1. Assador
  2. Brasas
  3. Castanhas
  4. Jeropiga, água-pé ou vinho novo
  5. Sal
  6. Folhas de jornal para fazer os rolos onde vai servir as castanhas

Passo a passo

Comecem por preparar as castanhas fazendo um golpe e coloquem-nas numa taça com bastante sal por cima. Se assarem num assador de barro, preparem previamente as brasas com um pouco de jornal e o carvão. Vão revirando as brasas de vez em quando. Coloquem as castanhas dentro do assador, polvilhem novamente com sal e deixem assar por cerca de 10 a 15 minutos. Retirem as castanhas e coloquem-nas nos rolos feitos com as folhas de jornal. Também podem assar as castanhas no forno, com sal e um pouco de alecrim.

Aproveitem também o magusto para estar com a família e com as crianças. Façam desenhos de outono, afinal as crianças adoram desenhar e pintar e brinquem com as frases tradicionais do São Martinho. Por que não fazer uma lista com todas as frases? 🙂

Juntem-se todos à volta da fogueira ou da lareira e recriem a lenda de São Martinho. Podem também sair para a rua e recolher folhas secas, castanhas, folhas das árvores, bolotas, pinhas, etc. As folhas, por exemplo, podem ser pintadas e usadas para carimbar papel e fazer decorações de outono.

Opções não faltam! Basta dar largas à criatividade e aproveitar muito este tempo de convívio! Bom Magusto para todos!