Por um futuro mais sustentável

Sendo sensível à questão ambiental, não podia deixar de falar da COP21, a 21ª Cimeira do Clima, que começou no dia 30 de novembro e termina esta sexta feira, em Paris, presidida por Laurent Fabius, ministro dos Negócios Estrangeiros francês.

Este ano, pela primeira vez em mais de 20 anos, o encontro tem o grande objetivo de estabelecer um novo acordo juridicamente vinculativo e aplicável a todos os países sobre o clima, com vista à diminuição da emissão de gases de efeito de estufa e do aquecimento global, abaixo dos 2 °C.

E se no passado sábado, dia 5 de dezembro, foi aprovado um projeto de acordo para combater as alterações climáticas que parece encerrar 6 anos de luta contra as alterações climáticas, ainda há temas que não reúnem consenso, como as questões de financiamento aos países em desenvolvimento para adaptação às alterações climáticas e o desenvolvimento de tecnologias de baixo carbono e o problema da monitorização e controlo das emissões de cada país.

Ainda assim a mudança está a acontecer  e a pegada ecológica crescido cada vez mais e em cada vez mais áreas. Este ano, por exemplo, várias foram as mulheres da área da moda que contribuíram para a mudança de mentalidades em prol do ambiente. Chamemos-lhe ‘consciencializadoras’ da área da moda. Foi este o trio  que, este ano, se destacou pela forma como soube promover o lado mais sustentável:

ecostyle

Livia Firth

Diretora criativa da Eco-Age

Firth, cujo ‘desafio passadeira verde’ procura alertar celebridades e designers para o lado sustentável da moda, lançou uma colecção cápsula desenhada por Erdem Moralioglu de vestidos florais feitos de materiais reutilizados.

Stella McCartney

Designer de moda Britânica

A criadora britânica que não tem usado peles, pêlos ou penas, decidiu estender o seu compromisso para com o lado sustentável da moda através da campanha de outono / inverno ‘Fur Free Fur’. Em Agosto, Stella deixou inclusive de procurar lãs das quintas da Patagónia depois dos alegados casos expostos pela PETA de maus tratos aos animais.

Hannah Weiland

Fundadora da Shrimp

Com apenas 25 anos, Weiland é a Fundadora de uma marca que se tornou objeto de desejo quando o objetivo é diversão e peles falsas. As fãs de Shrimp incluem nomes como Poppy Delevingne, Alexa Chung e Live Tyler.