Quem são as mulheres mais poderosas do desporto?

Segundo a revista Forbes estas são as 5 mulheres mais poderosas do mundo do desporto. Com carreiras de sucesso, provam que também no mundo desportivo existe espaço para a mulher poder ser uma verdadeira inspiração. Fiquem agora a conhecê-las:

1. Lesa France Kennedy

Responsável pelos recursos humanos de mais de 1000 empregados e ajudando a gerir mais de €645 milhões de receitas anuais, Lesa France Kennedy é a mulher mais influente do negócio do desporto. CEO da International Speedway Corporation (ISC), Kennedy gere 13 das maiores pistas de corrida Americanas e também desempenha um papel fundamental na condução da multimilionário NASCAR – associação automobilística norte-americana que controla os campeonatos de stock car do país – como membro do Conselho de Administração. Kennedy é mentora e uma inspiração para centenas de mulheres que aspiram a uma carreira no mundo do desporto.

2. Michele Roberts

Foi recentemente apontada como Diretora Executiva da Associação Nacional de Jogadores de Basquetebol. Com 59 anos, é a primeira mulher à frente de uma união profissional de desporto tão importante na América do Norte. Roberts começou a sua carreira como advogada em Washington, antes de seguir uma carreira num consultório particular em algumas das empresas de advogados mais prestigiadas do país.

3. Christine Driessen

Vice-Presidente Executiva e Diretora Financeira da ESPN – Entertainment and Sports Programming Network, rede televisiva por assinatura dos Estados Unidos dedicada à transmissão e produção de programas desportivos 24 horas por dia – é responsável pela supervisão de todas as operações financeiras da empresa em todo o mundo e atua como consultora financeira no planeamento estratégico de todas as aquisições, empreendimentos e iniciativas.

4. Venus and Serena Williams

As irmãs Americanas formam uma dupla de ténis poderosa. Venus Williams é patrocinada pela Oreo, Powerade, Tide, Wilson, e ganha, por ano, aproximadamente 12 milhões de euros. Já foi vencedora do Grand Slam por 7 vezes e a irmã, Serena Williams, 21 vezes, ganhando por ano 16 milhões de euros. Ambas foram classificados pela Associação de Ténis Feminina na primeira posição do mundo. Em 2002, após o Open de França, Venus Williams e Serena Williams foram classificada como a No. 1 e No. 2, respetivamente. E em 2010 chegaram ao número 1 em duplas femininas. 

5. Kim Ng

É Vice-presidente Sénior da Major League Baseball para operações de basebol e a Executiva de basebol com a classificação mais alta entre as mulheres asiatico-americanas. Foi a segunda mulher a ser contratada como assistente de gestão, primeiro com os Yankees e mais tarde com os Dodgers. Nas suas 12 épocas ganhou três Campeonatos do Mundo.