Soundcheck: portuguesa na Versace e músicas inéditas de Jeff Buckley

Portugal está mesmo a mexer com o mundo, não houvesse uma vocalista e produtora de nacionalidade portuguesa por trás das músicas dos desfiles Versace.

Violet, a vocalista e produtora portuguesa da Versace

A relação começou quando Violet decidiu reescrever alguns clássicos do house e do techno para “uma história com uma vibe/perspetiva feminina”. Assim nasceu a cover “Transition”, de Underground Resistance, que Violet fez para o Dia da Mulher. O DJ responsável pelas propostas musicais para os desfiles Versace chegou até à música e mostrou-a à equipa, que reagiu de forma bastante positiva, especialmente Donatella que se sentiu inspirada a criar uma coleção empowering para as mulheres de hoje – e ao mesmo tempo levar a Versace numa direção diferente.

Donatella sobre a música de Violet:

“Foi feita para o Dia Internacional da Mulher e quando a ouvi senti-me tão segura de mim própria. Quis desafiar-me, fazer qualquer coisa com força”  

Donatella Versace

Foi desta forma que a música e voz de Inês chegou ao desfile prêt-à-porter Primavera/Verão da Versace, em Milão. A música começa justamente com: “This song is dedicated to women everywhere, regardless of color, religion, sexuality or what sex they were born with. Make it happen.”

A relação continuou e, para o desfile de Alta Costura de janeiro, em Paris, a Versace não quis só a voz de Violet, mas também que fizesse toda a música para os 15 minutos do desfile da coleção que celebra o corpo e a alma feminina como um todo e que nos fala como uma mulher pode perseguir os seus sonhos e lutar para cumprir os seus objetivos sem nunca deixar de se sentir elegante. Assim nasceu a música Body/Soul 2.0:

“Tentei ir para uma coisa mais fundamental, que é a união entre o corpo e a mente e como precisamos de força anímica mas também de força física, ou pelo menos de um corpo físico, para podermos mexer-nos aqui neste mundo e realizar os nossos sonhos” E com acreditarmos em nós mesmos e amarmos os outros à nossa volta enquanto vivermos o nosso sonho,
de alguma forma”.

Inês Coutinho

Podem espreitar e ouvir todo o trabalho da Inês aqui 🙂

Jeff Buckley

Quase vinte anos depois da morte acidental, foi lançado um álbum de gravações desconhecidas de Jeff Buckley – You and I, que faz uma compilação de músicas das primeiras sessões de estúdio de Buckley para a Columbia Records, a maioria gravada em 1993.

Embora uma série de álbuns de Buckley tenham sido lançados desde a sua morte, You and I inclui uma canção inédita, Dream of You and I, oito covers e a versão original de Grace:

1. Just Like A Woman (Bob Dylan cover)
2. Everyday People (Sly & The Family Stone cover)
3. Don’t Let The Sun Catch You Cryin’ (First recorded by Louis Jordan)
4. Grace (original)
5. Calling You (Jevetta Steele cover)
6. Dream Of You And I (original)
7. The Boy With The Thorn In His Side (The Smiths cover)
8. Poor Boy Long Way From Home (traditional blues song, Bukka White cover)
9. Night Flight (Led Zeppelin cover)
10. I Know It’s Over (The Smiths cover)

As gravações foram encontradas nos arquivos da Sony Music enquanto se realizava uma pesquisa para os 20 anos da edição de Grace. Para quem já ouviu o álbum, diz ser “uma revelação, um retrato íntimo do artista em músicas que expressam uma variedade de emoções canalizadas através da sua sensibilidade singular.”

Curiosa por ouvir, e vocês?