Looks de Marrocos

Das coisas que me apaixonam. Viajar. Conhecer novas culturas e descobrir novos lugares. E se o destino já nos faz sonhar, fazer a mala nem tanto. Pelo menos para mim. E, nesta viagem, procurei levar apenas o essencial, tendo sempre em mente o número de dias que ia estar em Marrocos.

Na hora de preparar a mala há informação básica mas importante que me ajuda a organizar:

    • Qual a temperatura local;
    • O destino em si. Por exemplo, para Marrocos, destino exótico e bastante quente, não houve necessidade de levar muitos saltos altos, afinal o importante era estar o mais confortável possível;
    • As atividades que queremos fazer. Se houver um jantar programado, não podemos esquecer um vestido de noite. Neste caso levei comigo um vestido longo branco para um jantar especial. E se tiverem intenções de visitar uma mesquita é importante saber se é proibida a entrada com vestidos curtos, calções ou blusas de alça.

E depois transmito sempre um bocadinho do lugar nas roupas que uso. No caso de Marrocos, foi a fluidez e a leveza dos kaftans que me inspirou. As túnicas compridas em tecidos de seda maravilhosos com cores fortes que já chegaram até a ser fonte de inspiração para muitos criadores como Yves Saint-Laurent – um eterno apaixonado por Marraquexe -, Kenzo, Jean Paul Gaultier, Christian Lacroix, Diane von Furstenberg e Vivienne Westwood.

Assim, optei por usar sobretudo vestidos longos, mas leves. De dia, preferencialmente curtos. Como o branco em renda que usei junto à piscina com um chapéu a marcar a diferença e um conjunto de pulseiras prateadas e douradas em modo arm party. Todos os vestidos que usei são Hoss Intropia, uma marca que gosto especialmente e que me deixa sempre feminina. Para além dos vestidos, procurei que os acessórios fossem as peças de destaque, como uma pulseira que usei no calcanhar com o vestido de renda preto. Sabiam que estas pulseiras foram populares nos 90 e que são tradicionais da Índia? Este Verão vão ser uma forte tendência, reaparecendo para aquecer os nossos dias.

Na visita à cidade, optei por outro vestido longo, mas num tom pastel, que serviu como pano de fundo a outro acessório que adoro – colares. E, em Marrocos, é fácil perdemo-nos de amores pela sua bijuteria. Optei por conjugar vários maxi colares, em prata envelhecida com pedras e formatos variados, que podem encontrar a preços bastante acessíveis nos souks. Ainda no hotel, o estilo desportivo acompanhou-me nestas fotos maravilhosas junto à piscina, com um vestido adidas cheio de cor. Não acharam lindo?

O mais importante será, então, fazerem a vossa pesquisa sobre o lugar que vão conhecer e sentirem-se bem convosco, em peças confortáveis e que mostrem o melhor de vós.

Quanto à maquilhagem ideal para usar com estas peças? O melhor sorriso! 🙂 Gostaram dos looks usados em Marrocos? 🙂