Sem medos: decoração vintage em casa

O estilo vintage, assente no glamour dos anos 40 e no fim da Segunda Guerra Mundial, é para mim uma fonte de inspiração. Não só na moda mas também na decoração de interiores. Fascina-me o poder trazer para dentro de casa um tempo tão elegante, de memórias guardadas em peças que nos habituámos a ver em casa da nossa avó.

E vai que há por aí alguém que gosta tanto deste estilo como eu, resolvi fazer um post com 5 dicas para darem um toque vintage à vossa casa, reutilizando e transformando peças antigas e combinando-as com novas. Decorar já não significa apenas comprar. Portanto, aqui ficam algumas ideias:

1. Comecem por dar atenção aos detalhes. Um puxador de gaveta com estilo retro pode dar um acabamento muito giro na cómoda do quarto ou no armário da cozinha;

tumblr_nz1je9ICiU1qzhvr4o1_1280

tumblr_nztnxhwIX61qzhvr4o1_1280

2. Apostem em móveis de madeira para dar um toque rústico, que faz com que o ambiente fique mais acolhedor e ganhe um toque vintage.

tumblr_o4v59qmESo1qzhvr4o1_1280

tumblr_o3h77bKTO31qzhvr4o1_1280

3. Misturem elementos modernos com outros mais antigos. Móveis dos anos 50 podem viver em harmonia com candeeiros, quadros e papéis de parede mais contemporâneos.

kardashians-06

tumblr_o5sxda1huT1qzhvr4o1_1280

4. Fiquem atentos às datas das feiras de antiguidades na vossa cidade. Em Lisboa será incontornável falar da Feira da Ladra, que acontece todas as terças e todos os Sábados, e no Porto, a Feira de Antiguidades e Velharias do Porto, que também acontece todas as terças e Sábados, na Praça Francisco Sá Carneiro. Muitas vezes, os preços são bons e conseguem encontrar peças de decoração extraordinárias para o vosso lar.

Feira-da-Ladra_-16

5.  Espelhos com molduras antigas também são uma ótima opção para decorar a parede e ampliar o espaço. Apostem em peças de estilo barroco, mais trabalhadas, em dourado, para um efeito surpreendente.

 tumblr_o2if57pdtS1qzhvr4o1_1280

tumblr_o4v57vcQA71qzhvr4o1_1280

Gostaram destas dicas? Partilhem a vossa opinião na zona de comentários abaixo 🙂 Curiosa por ouvir-vos…