5 formas de libertar o stress do corpo

5 formas de libertar o stress do corpo

Chegamos a sexta-feira e, para muitos, é sinal de descanso à porta! A semana pode ser extremamente stressante não é verdade? A minha é sempre marcada por muito trabalho, reuniões, por compromissos e decisões. E a verdade é que inevitavelmente uma certa tensão tende a acumular-se. Como pratico muito exercício físico, não permito que esse stress se instale  – o exercício, para além de gastar energia corporal, faz a mente libertar-se! Mas há semanas em que é impossível não sentir esta tal acumulação! Mas o importante é percebermos que estamos sob esse efeito e tentarmos contornar da melhor maneira possível. Nem todos nós sentimos o stress da mesma forma, nem o sentimos nas mesmas zonas corporais. E por isso decidi mostrar-vos alguns exercícios, feitos por uma especialista, que libertam a tensão nas diferentes zonas do corpo.

Que o fim-de-semana seja com muita energia, bom humor e alegria. Ah, não esqueçam o sorriso! Essa é a melhor arma. 🙂 Bom fim-de-semana!

89268978d9621a63449066052dbbe704

1. Queixo, pescoço e rosto

Aqueles que acumulam o stress nestas zonas tendem a encolher o queixo e a fazer pressão nos dentes. Isto causa tensão no pescoço (e consequentemente dores), provoca dores de cabeça, pode provocar bruxismo (ranger os dentes) e também sinais de envelhecimento precoces.

2. Ombros e peito

Quando o stress se acumula nos ombros, estes tendem a mover-se para a frente, bem como a cabeça. Isto afecta bastante o bem-estar e a postura corporal.

3. Diafragma e pulmões

Aqui a postura é também afectada. As costas tendem a encurvar-se o que faz com que o o diafragma e os pulmões não estejam expandidos e sim contraídos.

4. Intestinos e estômago

O stress atinge muitas vezes esta área o que se reflecte numa má digestão, inchaço, e muitas vezes acumular de peso também.

 

5. Zona pélvica e ancas

Acumular stress nestas zonas interfere imediatamente com a coluna e o movimento das ancas. Pode-se sentir dor nas costas, uma certa rigidez ao caminhar, e falta de equilíbrio.

 

Fonte: Goop