Esta chuva

Esta chuva

Olho pela janela para ver como está o dia. Vemos esta chuva fria que não pára e nem apetece sair do lugar. Mas dou por mim a pensar nos dias chuvosos no meu Norte. Esses dias sim, eram frios. As temperaturas bem baixas, eu pequena, a minha mãe sempre preocupada, vestia-me sempre camadas e camadas de roupa, até eu sentir muito calor e dizer que já tinha chegado o Verão…Que tempos tão bons. E íamos para a rua, de mão dada, para enfrentarmos esse frio, descíamos a rua a correr até ao carro, que me levaria à escolinha. “Mamã, pedes à chuva para parar?” dizia eu, com aquele abraço aconchegado e com o casaco de penas, estilo bonequinho Michellin. “Claro que sim filha. Quando a mamã voltar, a chuva já nos disse adeus.”
E era mesmo real. Ao final da tarde, quando ela voltava, o sol brilhava sempre. Ou isso, ou então eram os meus olhos de filha, a olhar para a luz da mãe. 🙂