It was all a dream

It was all a dream

O primeiro dia do festival NOS Alive aconteceu ontem, no já habitual Passeio Marítimo de Algés, e mais uma vez superou todas expectativas. E eu tenho sempre um grande carinho por este festival que também já recebeu o meu Movimento Change IT (www.changeit.world).

E assim continua a dar mais voz aquilo que é disruptivo, aquilo que provoca a mudança no nosso País.

E o ambiente é sempre incrível. As luzes, as pessoas que sorriem, se encontram e cruzam e se divertem genuinamente. E já são tantas as que vêm de fora de Portugal para estarem aqui presentes. Este festival chama todos e entrega-nós sempre momentos tão bons!

Adoro aquela sensação de estar na minha rotina diária e de repente, mesmo aqui ao lado, entrar num mundo quase “mágico” onde a música (que eu tanto adoro) impera! Os festivais têm a capacidade de nos fazer sentir tão mais leves, ligados ao corpo e às emoções.

E quando falamos deste festival, falamos também de tendências culturais e musicais, mas também de moda. Que se sente e vê no recinto. Nestes dias, opto sempre por vestir peças mais casuais e confortáveis  ainda que goste de dar um twist mais arrojado. Como é o caso deste look em que combinei um casaco desportivo Adidas com um top mais arrojado. 😉  Meninas, sugestão para a mala que idealmente prefiro a tiracolo ou uma mochila e dentro não pode faltar: Batom do cieiro (é um de cor claro), telemóvel, elástico para o cabelo e um snack saudável (barritas caseiras saudáveis que partilharei a receita aqui 😉) e claro, água porque a noite é para dançar muito.

The Weekend foi o concerto mais aguardado da noite e é incrível como o público vibrou! Mas outros nomes também foram inspirações. Phoenix (que já os entrevistei:), The XX!! E tantos mais!
Vocês estiveram por lá? O que acharam? 🙂 E hoje quem é que vai ver Foo Fighters?

Fotografia: Blitz Rita Carmo

Fotografia: Blitz Rita Carmo