1 ANO DE TI MEU AMOR

1 ANO DE TI MEU AMOR

Falar de ti meu filho. Falar do que é viver este dia único. Recuar no tempo, e viver cada segundo outra vez. O começo do processo, quando estavas pronto para vir ao Mundo. E eu que já sabia disso. As sensações, o corpo a remexer-se por dentro, a naturalidade de todo os momentos, a felicidade que senti. Esquecem-se as dores, só pensava em ter-te nos braços. O corpo humano é realmente incrível. Como se molda durante nove meses, para depois… dar à Luz. Sim, só naquele momento percebi o que representa essa expressão. Até porque é mesmo um caminho novo que se faz, nesse encontro com a nossa própria essência, que é a luz da nossa vida. E que és tu meu filho, Caetano. 

Eram 8:29 quando vieste ao Mundo. Aliás, viemos os dois porque eu nasci, contigo, de novo. Nasci para ser a tua mãe, para nunca te largar, para descobrir que o meu coração só te pertence a ti. E que este meu coração é elástico por ti e que contigo vive cá fora.

1 ano já de ti meu amor. E parece que te tive toda a minha vida. Até porque já não sei o que é não ser tua mãe. E porque já não faz sentido pensar em nada, sem te incluir na equação. E se falo de números é porque conto as horas a que comes, quanto tempo dormes, e a hora para te ver de novo desde que saio. E o meu tempo para os outros mudou. Até porque o meu tempo é sempre mais teu do que do resto do mundo. Porque o meu Mundo és tu.

Só te posso desejar, neste teu primeiro ano de vida, que continues a ser esse bebé feliz que és. Cheio de ti, de mim, do teu pai e essa energia! Amo-te tanto. E sê sempre tu próprio, como és, sempre a sorrir, radiante em cada descoberta nova e agora que já estás quase a caminhar, fico a pensar como passa tudo tão rápido. Ver as imagens de quando te tive, e como já nasceste um bebé forte, para olhar-te agora e ficar parada de tanto amor e de tantas mudanças em ti a cada dia.

E o amor que tenho por ti que não se expressam em palavras. As palavras serão sempre reduzidas para tudo o que és para mim. E estar apaixonada ou babada por ti também é pouco.

Por ti daria a minha vida sem hesitar um segundo.

E só te posso agradecer a felicidade e a transformação que me deste, por me teres escolhido para ser a tua Mãe.

Parabéns meu Amor. E bem vindo de novo.