Web Summit – um mundo para se ver e ouvir

Web Summit – um mundo para se ver e ouvir

Hoje arranca mais uma edição do Web Summit na nossa capital. São milhares de pessoas de todo o mundo que chegam à nossa cidade, para estarem presentes nesta cimeira que é uma das maiores em termos de empreendedorismo e tecnologia.

Estimam-se 60 mil visitantes ao espaço e o evento vai dividir-se entre a FIL, a Altice Arena e toda a zona do Parque das Nações. Para além dos eventos paralelos que celebram esse entusiasmo.

Fico sempre muito inspirada com este tipo de eventos! Estar presente e com a oportunidade nesta edição de realizar entrevistas únicas (como será o caso da Gillian Tans, CEO da Booking.com). Ter o Change It dentro do Web Summit será uma experiência fenomenal. (Tenho muito para vos contar)

O empreendedorismo está cada vez mais presente em Portugal e isso é tão enriquecedor para nós. Ideias novas, pensamentos novos, serviços inovadores fazem sem dúvida com que estejamos mais projectados internacionalmente e com que, também, evoluamos. 

O Web Summit é principalmente direccionado para a projecção das startups, cerca de 200 empresas concorrem ao Pitch. Um concurso que premeia a melhor ideia por detrás de uma empresa embrionária.

Por entre as centenas de oradores que vão estar presentes, em vários palcos, estão António Guterres, secretário geral da ONU, Al Gore, ex- primeiro ministro dos EUA, Margrethe Vestager, a mulher que responsável pela multa aplicada à sempre Google, ou Brad Parscale, a cabeça por detrás da campanha digital de Donald Trump.

Como vos contei, o “Change it” também vai estar presente e podem acompanhar tudo live no instagram @changeitworld e no Facebook do evento aqui.

Se quiserem ver a lista de oradores façam-no aqui.

Para acederem ao horário aqui.